Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Os 10 bilionários que mais faturaram em 2016


Conheça os magnatas que driblaram a crise no último ano

Por: Bruno Guimarães em 03/01/17 às 15H24, atualizado em 03/01/17 às 17H39

Warren Buffet, Masayoshi Son e Sheldon Adelson entre os bilionários que driblaram a crise em 2016
Warren Buffet, Masayoshi Son e Sheldon Adelson entre os bilionários que driblaram a crise em 2016Foto: Reprodução

Não existe crise quando falamos em grandes fortunas. A revista "Forbes" listou os dez bilionários que viram os seus patrimônios crescerem em 2016, considerando as variações das fortunas entre 31 de dezembro de 2015 e 23 de dezembro de 2016. Confira o ranking!

Warren Buffett, dono da empresa de investimentos Berkshire Hathaway, faturou US$ 12,3 bilhões em 2016
Foto: Warren Buffett, dono da empresa de investimentos Berkshire Hathaway, faturou US$ 12,3 bilhões em 2016
Créditos: Divulgação

1. Warren Buffett, dono da empresa de investimentos Berkshire Hathaway, faturou US$ 12,3 bilhões em 2016, totalizando US$ 74,2 bilhões.

2. Wang Wei, proprietário da S.F. Express, conseguiu aprovação para se unir a Maanshan Dingtai Rare Earth & New Materials Co. e faturou US$ 10,8 bilhões só em 2016. A fortuna total é estimada em US$ 14,4 bilhões. 

Harold Hamm, o magnata do petróleo norte-americano, faturou US$ 9,1 bilhões em 2016
Foto: Harold Hamm, o magnata do petróleo norte-americano, faturou US$ 9,1 bilhões em 2016
Créditos: Divulgação

3. Harold Hamm e família ganhou US$ 9,1 bilhões em 2016. O magnata do petróleo norte-americano ganhou com a valorização de mais de 50% nos preços do petróleo no mercado internacional ao longo do ano. A fortuna total é US$ 15,1 bilhões.

4. Yao Zhenhua, investidor chinês discreto que possui 25% das ações de uma das maiores empresas do ramo imobiliário no país e que controla mais de 40 shoppings centers na China, ganhou US$ 7,3 bilhões em 2016. 

Masayoshi Son, japonês da Softbank, lucrou US$ 7,1 bilhões
Foto: Masayoshi Son, japonês da Softbank, lucrou US$ 7,1 bilhões
Créditos: Divulgação

5. Masayoshi Son, japonês da Softbank, lucrou US$ 7,1 bilhões com a forte valorização da empresa em 2016, especialmente após a eleição de Donald Trump. A fortuna total de US$ 19,4 bilhões faz dele o homem mais rico do japão.

6. Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon, viu as ações de sua empresa atingirem o seu maior nível histórico em outubro do ano passado, rendendo US$ 6,6 bilhões. A fortuna total está estimada em US$ 65,7 bilhões. 

Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon, faturando US$ 6,6 bilhões
Foto: Jeff Bezos, fundador e presidente da Amazon, faturando US$ 6,6 bilhões
Créditos: Divulgação

7. Sheldon Adelson, o magnata dos casinos, se recuperou em 2016 após dois anos de perdas e faturou US$ 5,6 bilhões. As ações de sua empresa, a Las Vegas Sands, subiram mais de 24% ao longo do ano. Fortuna total estimada: US$ 30,3 bilhões.

8. Bernard Arnault, francês dono de grifes como Louis Vuitton, Hermes e Dior, ganharam com o crescimento do mercado de luxo, especialmente na China. As ações dessas empresas saltaram mais de 20% cada em 2016, rendendo US$ 5,6 bilhões. O patrimônio total da família é avaliado em US$ 39,8 bilhões.

9. Vagit Alekperov, russo que é dono da maior empresa privada de petróleo de seu país, a Lukoil, ganhou US$ 5,2 bilhões em 2016. Seu patrimônio total é estimado em US$ 14 bilhões. 

Leonid Mikhelson, russo que é presidente da produtora de gás natural Novatek, faturou US$ 5,2 bilhões

Foto: Leonid Mikhelson, russo que é presidente da produtora de gás natural Novatek, faturou US$ 5,2 bilhões
Créditos: Divulgação

10. Leonid Mikhelson, russo que é presidente da produtora de gás natural Novatek, também se beneficiou da valorização do rublo em relação ao dólar. Em 2016, faturou US$ 5,2 bilhões e tem fortura total avaliada em US$ 18 bilhões. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados