Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

TRAGÉDIA Aeronáutica Civil da Colômbia afirma que 72 corpos foram recuperados no local do acidente


Polícia de Antioquia/Colômbia
Imagens do local onde caiu o avião da Chapecoense, no município colombiano de La Unión
Não existe uma descrição para essa imagem ou galleria
A Aeronáutica Civil da Colômbia divulgou nesta tarde uma atualização da situação das buscas por corpos no local do acidente que vitimou um total de 75 pessoas entre jogadores, comissão técnica, diretores da Chapecoense, tripulação da aeronave e jornalistas.

Maradona lamenta tragédia, se solidariza e diz: "Desde hoje sou torcedor da Chapecoense"
Fundada em 1973, Chapecoense vinha de ascensão histórica e buscava sonho continental
Fundada em 1973, Chapecoense vinha de ascensão histórica e buscava sonho continental
Vítima de tragédia com a Chapecoense, zagueiro Thiego estava ansioso para jogar no Santos
Vítima de tragédia com a Chapecoense, zagueiro Thiego estava ansioso para jogar no Santos
Na nota oficial, a entidade afirma que 72 corpos já foram recuperados no local do acidente e relembra que os seis sobreviventes entre as 81 vítimas da tragédia estão nos hospitais da região sendo atendidos com a esperança de que se recuperem dos traumas da colisão.

A publicação também especifica detalhes das buscas, afirmando que 150 pessoas vêm trabalhando ininterruptamente para tentar recuperar todos os corpos no local do acidente. Além disso, afirma que 70% das vítimas foram encontradas na parte interna da fuselagem da aeronave e os outros 30%, incluindo os seis sobreviventes, foram resgatados na área do terreno.

Por último, a Aeronáutica Civil colombiana informa que os corpos serão transportados primeiramente para a base da CACOM3 da Força Aérea e, de lá, serão levados para o Instituto Médico Legal de Medellín. A expectativa é de que cheguem ao Brasil até o final desta semana.

Confira a nota oficial publicada pela Aeronáutica Civil da Colômbia:

Avança processo de recuperação de corpos na zona do acidente aéreo

A Aeronáutico Civil informa que, de acordo com as informações transmitidas no local do acidente, foram recuperados 72 corpos pertencentes a equipe brasileira da Chapecoense e da tripulação da aeronave. O voo, que vinha da cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, teve que fazer um pouso forçado na região de Antioquia e deixa como saldo 75 mortos e seis sobreviventes que estão sendo atendidos em hospitais próximos a região. 

As equipes de resgate, que são lideradas pela Aeronáutica Civil, Força Aérea Colombiana e organismos de socorro somam 150 pessoas que estão trabalhando continuamente desde o momento do acidente para facilitar a recuperação dos corpos. 

O grupo de investigação de acidentes da Aeronáutica Civil realiza buscar para encontrar as caixas pretas da aeronave, que reportarão informações úteis no processo de investigação para saber as possíveis causas do acidente. 

As partes da aeronave foram encontradas em uma área de 500 metros ao redor do local do acidente, com 70% dos corpos sendo encontrado nas fuselagens e 30% espalhados pelo terreno, local onde estavam os seis sobreviventes.

Os corpos recuperados estão sendo transportados inicialmente para a base da CACOM3 da Força Aérea e de lá serão levados ao Instituto Médico Legal da cidade de Medellín.   

O diretor da Aeronáutica Civil, Alfredo Bocanegra Varón coordena desde o município de La Unión as buscas e trabalhos de resgate.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados