Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

''Não me deixe morrer'', dizia goleiro da Chapecoense durante resgate

''Não me deixe morrer'', dizia goleiro da Chapecoense durante resgate
Jackson está estável, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital San Vicente Fundação de Rionegro

Jackson Follman corre o risco de ter segunda perna amputada / Foto: Divulgação / Chapecoense
Jackson Follman corre o risco de ter segunda perna amputada
Foto: Divulgação / Chapecoense
JC Online

"Não me deixe morrer... Não sinto as pernas, não me deixe morrer", dizia o goleiro Jackson Follman enquanto era resgatado dos destroços do avião que caiu na madrugada desta terça-feira (29) na Colômbia. Jackson foi o primeiro dos seis sobreviventes a ser resgatado e teve de amputar a perna direita.

Acidente
De acordo com as autoridades, o avião caiu por volta das 22h40 locais. As buscas foram interrompidas durante a madrugada, por conta do mau tempo. Além do goleiro reserva, também sobreviveram o tripulante Erwin Tumiri, os jogadores Alan Rushel, Hélio Hermito Neto e o jornalista Rafael Henzel.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados