Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Ministro da Educação acredita que reforma do ensino médio será aprovada ainda em 2016, “se Deus quiser”


Publicado por Giovanni Sandes às 12:34
    
Mendonça Filho (DEM). Foto: Wilson Dias/Agência Brasil



Em meio ao esforço do governo Michel Temer (PMDB) de mostrar que o Congresso não travou após a prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), todos os esforços do Planalto estão concentrados na votação da PEC 241, conhecida como PEC do teto de gastos, nesta terça (25). Mas em paralelo há duas outras pautas difíceis do governo: a reforma da Previdência e do ensino médio. Nesta segunda (24), o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), afirmou esperar que a reforma na educação seja aprovada até o final de 2016, “se Deus quiser”.



Brasil está atrasadíssimo na estrutura do ensino médio, diz ministro. Ele criou comitê para propor reforma

Ministro da Educação pede à base de Temer urgência em projeto de lei petista para reformar ensino médio


Como parte do esforço de Temer pela PEC do teto de gastos, o governo voltou a destacar temporariamente os ministros das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), e das Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PSB), para fazerem a articulação no Congresso.

Sendo assim, o ministro foi questionado diretamente sobre a capacidade de o governo Temer, logo após a prisão de Cunha, conseguir fazer andar no Congresso as reformas da Previdência e do ensino médio, depois da PEC 241.

“São coisas distintas e importantes”, afirmou, em entrevista na Rádio Jornal. “A gente tem uma educação de nível médio hoje descasada dos sonhos dos jovens. Não tem uma formação técnica. E assim produz números muito dramaticamente negativos, como por exemplo 1 milhão de jovens – ou quase isso – com 17 anos, que estão fora do ensino médio. Ou 1,7 milhão de jovens que nem trabalham nem estudam. Então a gente tem que mudar essa realidade e por isso a reforma do [ensino] médio é tão importante”, afirmou Mendonça, que ainda completou: “E será aprovada ainda este ano, se Deus quiser”.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados