Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

Tribunal de Contas da Paraíba cancela Shows de Xand Avião e Priscila Senna que custaria R$ 420 mil reais aos cofres públicos

4.6.22

/ por casinhas agreste

Prefeitura da PB cancela festa de São João após shows de Xand Avião e Priscila Senna serem suspensos pelo TCE
Anúncio do cancelamento foi divulgado nesta sexta-feira (3). Contratos dos artistas somam R$ 420 mil e seriam pagos pelo município de Ouro Velho.

A Prefeitura de Ouro Velho, município da região do Cariri paraibano, decidiu cancelar as festas de São João, após uma decisão do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), que determinou a suspensão dos shows de Xand Avião e Priscila Senna na cidade. O anúncio do cancelamento foi divulgado nesta sexta-feira (3), pelo prefeito Augusto Valadares (Democratas). Os contratos do município com os artistas somavam R$ 420 mil.
As festas, que seriam realizadas nos dias 7 e 8 de junho, não acontecerão, mas a Prefeitura mantém a "Festa do Arraiá do Dr.", no dia 13 de julho. Conforme a nota divulgada pelo prefeito em uma rede social, uma outra festa aberta ao público também deve ser realizada no mês de agosto, porém com recursos privados.

"Respeitamos a decisão do Tribunal de Contas e do Conselheiro Dr. André Carlos Torres, mesmo sem concordar com os seus fundamentos, porém, decidimos pelo cancelamento total da festa, pois, não teríamos tempo hábil para recorrer", disse o prefeito.
A Prefeitura também informou que a cidade receberia mais de 50 mil turistas de todas as regiões durante o período junino, e que o comércio local deixará de arrecadar mais de R$ 800 mil em 2 dias de evento, com vendas de bebidas, comidas, pousadas, estacionamentos, serviços de beleza, entre outros.
De acordo com o relator do caso, o conselheiro André Carlo Torres Pontes, a decisão foi tomada com base no relatório técnico da Auditoria do TCE, que questionou se o interesse público nas contratações para o show seria maior do que o investimento em serviços públicos, como saúde e educação. A auditoria apontou também que o orçamento municipal não comportaria a despesa dos shows .
O município de Ouro Velho, inclusive, se encontra em estado de Calamidade Pública por conta da pandemia da Covid-19.

G1 PB

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados