Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

PARAÍBA: desabastecimento já atinge 60% das revendedoras de gás de cozinha

17.3.22

/ por casinhas agreste

Desabastecimento já atinge 60% das revendedoras de gás de cozinha na PB
De acordo com o que apurou o Portal T5, desde a última sexta-feira (11) já havia indícios de desabastecimento
 Portal T5

Desabastecimento já atinge 60% das revendedoras de gás de cozinha na PB


Marcos Antônio Bezerra, presidente do Sindicato das Revendedoras de Gás de Cozinha da Paraíba (Sinregás), divulgou um alerta sobre desabastecimento de gás de cozinha no estado. Segundo ele, cerca de 60% das 1.600 revendedoras já estão sem estoque. O problema não tem uma previsão para ser solucionado.

De acordo com o que apurou o Portal T5, desde a última sexta-feira (11) já havia indícios de desabastecimento. Pelo menos quatro estados do Nordeste já registravas falta de gás de cozinha.


Segundo Bezerra, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará já estavam sem estoque em distribuidoras por conta do atraso de um navio cargueiro responsável por reabastecê-las. Houve diminuição nos lotes de cargas destinadas ao porto de Suape, em Pernambuco, que abastece a Paraíba.

Outro ponto levantado por Marcos é que o aumento anunciado pela Petrobrás levou a uma alta procura. A situação da Paraíba é um pouco mais desfavorável pelo fato de ser o único estado, dentre os quatro mencionados, que não possui distribuidor local. A demanda paraibana é atendida pela distribuidora do estado vizinho, Pernambuco.

Reajustes

Gasolina, diesel e gás de cozinha ficaram mais caros desde a última sexta-feira (11). A Petrobras anunciou os novos valores na quinta (10). O preço médio do gás passou de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, o equivalente a R$ 58, 21 centavos por 13 quilos, o tamanho do botijão vendido para residências. O gás estava com o mesmo valor desde outubro do ano passado.

Já preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passou de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. No caso do diesel, aumentou de R$ 3,61 para R$ 4,51 centavos o litro.

Segundo a Petrobras, os novos valores da gasolina, do diesel e do gás de cozinha refletem parte da alta do petróleo no mercado internacional, devido à pouca oferta mundial de energia. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados