Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

Juninho Carpina brilha e Náutico vence Íbis em abertura do Campeonato Pernambucano

23.1.22

/ por casinhas agreste

Timbu e Pássaro Preto protagonizaram primeira partida da edição de 2022 do campeonato
Juninho Carpina marcou dois gols e foi o destaque do Náutico
Juninho Carpina marcou dois gols e foi o destaque do Náutico - Foto: Rafael Vieira
O Náutico começou a temporada com o pé direito. Em duelo diante do Íbis, abrindo o Campeonato Pernambucano de 2022, o Timbu venceu nos Aflitos em um jogo de tempos distintos. Os alvirrubros iniciaram a partida com tudo, com dois gols de Juninho Carpina antes dos 20 minutos. O jovem foi o destaque da partida, e no fim da segunda etapa, o atacante Júlio também marcou e deu número finais à partida.

Do lado do Timbu, os reforços Lucas Perri, João Paulo e Ewandro foram titulares e fizeram sua estreia com a camisa alvirrubra. Sem contar com Jean Carlos, que se recupera de uma lesão na panturrilha, a criação das jogadas alvirrubras ficou dividida entre o prata da casa Juninho Carpina e o meia Vargas, que herdou a camisa 10.

Retornando após 21 anos distante da Série A1 do estadual, o Íbis chegou aos Aflitos empolgado e procurando mostrar para que veio. A grande esperança para surpreender o Náutico era o atacante Kelven, dono da camisa 9 e que se sagrou artilheiro da segunda divisão do Pernambucano em 2021. 
Júnior Tavares foi o responsável pela primeira oportunidade do jogo, cabeceando com perigo em cobrança de escanteio. E foi dos pés dele que saiu a assistência para o gol que abriu o placar da partida. Após boa jogada coletiva do Náutico, o lateral-esquerdo encontrou Juninho Carpina na entrada da grande área, de onde acertou grande chute para a alegria da torcida alvirrubra, ainda aos dois minutos de jogo. 

O jovem meia  também foi o responsável por ampliar o marcador para o Timbu. Aos 16, acertou novamente um bonito chute de fora da área, sendo assistido por Vargas, que mostrou qualidade para servir o companheiro. 

A primeira chegada do Íbis veio aos 31 minutos, quando Celestino puxou um contra-ataque e serviu Felipe Almeida, que recebeu pela direita da grande área e bateu cruzado. O goleiro alvirrubro, Lucas Perri, defendeu e fez sua primeira participação efetiva. Como resposta, Rhaldney roubou a bola no campo de ataque e serviu Álvaro, que, em boas condições, perdeu a dividida com o arqueiro Lucas Peixe. 

Já nos acréscimos do primeiro tempo, o Pássaro Preto voltou a levar perigo à meta dos mandantes. O zagueiro Wil se aventurou no ataque e chutou cruzado, obrigando Perri a realizar grande defesa. No rebote, o goleiro brilhou novamente, por mais que tenha sido assinalado impedimento na sequência do lance. 

A segunda etapa foi de um ritmo mais lento. Com a vantagem no placar, o Náutico não tinha tanto ímpeto para atacar como antes do intervalo, e Hélio dos Anjos aproveitou para realizar testes na equipe. O treinador promoveu as entradas do zagueiro Rafael Ribeiro, do lateral-direito Thássio, o meio-campista Wagninho e dos pratas da casa Júlio e Kayon. O último, de apenas 17 anos, realizou sua estreia como profissional. 

O Íbis ainda levou perigo em duas oportunidades. A primeira foi com o atacante Kelven, que se aproximava de ficar cara a cara com Lucas Perri quando Camutanga acertou um carrinho preciso para desarmá-lo. Em seguida, o zagueiro Wil voltou a chegar ao ataque e acertou um belo chute, acertando a trave direita da meta alvirrubra. 

Oportunizado no segundo tempo, o atacante Júlio recebeu passe de Wagninho, limpou o defensor adversário, bateu de esquerda e marcou para dar números finais à partida, aos 43 minutos. Foi o primeiro gol do jovem da base como profissional.

Ficha do jogo

Náutico 3
Lucas Perri; Hereda, Camutanga, João Paulo (Rafael Ribeiro) e Júnior Tavares; Djavan, Rhaldney (Thassio) e Vargas (Kayon); Ewandro (Wagninho), Álvaro (Júlio) e Juninho Carpina. Técnico: Hélio dos Anjos. 

Íbis 0
Peixe; Thyego, Oséas, Will e Vitor Leão; Celestino (Matheus Fernando), Roberto (Guilherme) e Felipe Almeida (Pablo); Rosivaldo, Kelven (Gabriel) e Matheusinho (Gustavo). Técnico: Carlos Alberto. 

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitragem: Deborah Cecilia Cruz Correia (PE), Karla Renata Cavalcanti (PE) e Daniele de Andrade Felipe (PE)
Cartões amarelos: Vitor Leão (Íbis)
Gols: Juninho Carpina aos 11’ e 16’ do 1ºT; Júlio aos 43’ do 2º T (Náutico)

Folha PE

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados