Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Estudante de 20 anos morre após ser baleado em Nazaré da Mata; outras duas pessoas ficam feridas

21.9.21

/ por casinhas agreste

Daniel José da Silva estava no Loteamento Eugênio Bandeira quando foi atingido pelos disparos e faleceu no Hospital da Restauração, no Recife. Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.
G1 PE


Daniel José da Silva, de 20 anos, foi morto por disparos de arma de fogo — Foto: Reprodução/Facebook


Um jovem de 20 anos foi baleado no Loteamento Eugênio Bandeira, em Nazaré da Mata, na Zona da Mata de Pernambuco, e morreu em um hospital no Recife. Ele foi identificado como Daniel José da Silva. Duas pessoas que estavam com ele no momento do crime ficaram feridas.

Segundo a Polícia Militar (PM), o local onde o assassinato aconteceu fica próximo a uma cadeia pública. O homicídio ocorreu na noite do domingo (19) e foi confirmado nesta terça-feira (21). A Polícia Civil informou que o jovem estava acompanhado de dois conhecidos quando foi morto.

Daniel foi socorrido para o Hospital Ermírio Coutinho, localizado no Centro de Nazaré da Mata, e foi transferido para o Hospital da Restauração, na área central do Recife, onde faleceu na segunda-feira (20).

Com relação aos dois feridos que estavam com Daniel, um deles foi levado por policiais ao Hospital Ermírio Coutinho. O outro atingido foi ao local "através de meios próprios", disse a PM. A reportagem não conseguiu acesso ao estado de saúde deles porque os nomes dos pacientes não foram divulgados.

De acordo com o diretor da Escola Dom Carlos Coelho, José Pereira de Araújo, Daniel estudava no terceiro ano do ensino médio e era um rapaz tranquilo e participativo nas atividades da unidade escolar.


"Ele não tem histórico de nenhum ato ilícito. Era sempre presente na escola, prestativo e humilde. Não tinha envolvimento com droga [...] Às vezes, tinham serviços de eventos da escola que eu precisava de alguém para ajudar e ele sempre se disponibilizava", contou.

Por meio de uma postagem em uma rede social, a escola lamentou a morte do aluno e afirmou que transmite "os mais sinceros sentimentos aos familiares, amigos e toda a turma do 3° ano D", da qual Daniel fazia parte.

A PM informou que fez buscas no local do assassinato ainda na data do crime, mas não encontrou suspeitos do homicídio. A Polícia Civil informou que abriu um inquérito para apurar o caso e identificar quem atirou nas vítimas. A investigação ficou a cargo da Delegacia do Espinheiro, na Zona Norte do Recife.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados