Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Irmãos são acusados de roubar jóias de ouro de Desembargador, ex deputado, Delegado e advogado

28.7.21

/ por casinhas agreste

A Polícia Civil prendeu, nesta terça (27), dois irmãos suspeitos de participar de uma quadrilha que roubava ou furtava joias na Zona Norte do
Recife. Segundo o delegado de Casa Amarela, Carlos Couto, entre as vítimas da “gangue da corrente de ouro” estão um desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), um advogado, um ex-deputado e um ex-delegado (veja vídeo acima).


Quando foram abordadas pelos ladrões as vítimas da quadrilha estavam praticando exercícios físicos, andavam de bicicleta ou passeavam com a família, de acordo com a polícia.


O delegado explicou que a quadrilha aproveitava o momento em que as vítimas estavam em locais públicos e puxavam as correntes de ouro do pescoço delas.


Ainda de acordo com Couto, os casos investigados em casa Amarela ocorreram, este ano, nos bairros da jaqueira, Aflitos, Poço da Panela e Casa Forte.


Em um dos casos, disse o policial, um advogado que andava de bicicleta com a mulher foi um dos alvos. Em outra ação, eles “deram um bote” em um desembargador do Tribunal de Justiça.


“No caso de um ex-deputado estadual, de mais de 70 anos, foi mais grave. Essa vítima teve fratura na perna e levou um corte profundo na cabeça. Essa vítima estava saindo de uma confeitaria”, revelou o delegado.



A prisão dos dois irmãos foi realizada com apoio de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da PM, em cumprimento a mandados expedidos pela 20ª Vara Criminal da Capital.


Os nomes dois suspeitos e das vítimas não puderam ser divulgados por causa das normas da polícia que preservam o direito de imagem.


Em entrevista ao G1, o delegado Carlos Couto afirmou que os dois homens presos agiam com outras duas pessoas, que já foram identificadas e estão sendo procuradas.


“Eles atuavam sempre com motocicletas e, em alguns casos, com apoio de um carro escuro, um Palio”, afirmou. Os dois homens presos davam cobertura aos assaltantes que participavam, de fato, das ações.


Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram integrantes da quadrilha saindo desse carro escuro. Uma moto passa pelo local e os homens se comunicam.


“Aqui na delegacia de casa Amarela, são quatro inquéritos abertos, mas tem outros envolvendo o mesmo grupo em outras delegacias”, comentou.


Carlos Couto disse, ainda, que os ladrões agiam, de preferência, em fins de semana. Também cometiam crimes em dias úteis, sobretudo, nos horários em que as vítimas estavam praticando os exercícios físicos.


Os dois irmãos que foram presos seguiram para a Delegacia de Casa Amarela e depois foram levados ao Centro de Observação e Triagem Criminológica (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife, onde ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados