Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Sport vence o Bahia por 2x0 e deixa a zona do rebaixamento

25.1.21

/ por casinhas agreste

Essa foi a primeira vitória do Leão da Ilha por dois gols de diferença na Série A


Sport consegue vencer o Bahia por 2x0 e deixa o Z-4 - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Uma vitória de imposição. Pela primeira vez na Série A, o Sport conseguiu vencer por mais de dois gols de diferença. Neste domingo (24), em confronto direto com o Bahia, os rubro-negros venceram por 2x0, na Ilha do Retiro, pela 32ª rodada do Brasileirão. Os gols da partida só saíram na segunda etapa, com Thiago Neves (um golaço de bicicleta) e Maidana.
Com o triunfo, o Sport chegou aos 35 pontos, deixou a zona do rebaixamento e subiu para a 15ª colocação. O Leão da Ilha volta a campo agora somente na segunda-feira (01/02), quando encara o Flamengo, às 20h, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada do Brasileirão.
O JOGO
Com as duas equipes precisando do resultado para escapar da zona do rebaixamento, Sport e Bahia começaram o confronto um incomodando o outro. Logo aos sete, Betinho arriscou de longe e colocou Douglas Friedrich para trabalhar. Aos 13, os baianos responderam com Thiago Andrade recebendo longo lançamento, invadindo a área, mas quando ficou de frente com Luan Polli, finalizou de forma horrível, pegando com o tornozelo na bola.

A partida se desenrolava com bastante equilíbrio e com muitos espaços para as investidas das duas equipes. Aos 18, após pressão rubro-negra, Thiago Neves arriscou chute e a bola acabou esbarrando na defesa tricolor. Dez minutos depois, o centroavante Gilberto também quis testar Luan Polli e finalizou na entrada da frande área e o arqueiro leonino defendeu em dois tempos sem maiores dificuldades. 

A melhor chance dos donos da casa só apareceu na reta final da primeira etapa. Aos 41, o Sport conseguiu puxar um rápido contra-ataque com Thiago Neves, mas, ao ser cercado pela marcação, o meia abriu para Patric que pedia aberto na esquerda. Ele dominou e com toda liberdade que lhe deram, acertou um chute forte e no alto, mas Douglas Friedrich saltou e se esticou todo para espalmar para escanteio.

Na volta para a segunda etapa, o Sport entrou em campo com imposição, propondo jogadas ofensivas e incomodando o Bahia. Tanto que 17 minutos de reinício da partida, os rubro-negros já tinham marcado dois gols com o prata da casa Ewerthon, mas ambos foram anulados pelo VAR, que marcou impendimento nas duas jogadas.

A pressão do Leão da Ilha era intensa e o gol - o primeiro a ser validado - estava próximo de sair. E, quando saiu, foi uma pintura. Aos 27 minutos, Júnior Tavares cruzou bola na área mas com muita força e ela acabou encontrando Patric, do lado direito. O lateral dominou e tentou o cruzamento rasteiro, Maidana tentou dominar, não conseguiu e a bola acabou ganhando altura e chegando até Thiago Neves, que de costas para a barra, não pensou duas vezes e acertou uma linda bicicleta para vencer o goleiro Douglas Friedrich e abrir o placar: 1x0.

O Sport era o senhor das ações na partida e ainda conseguiu achar o segundo gol. Aos 40, Júnior Tavares cobrou falta lateral, Adryelson desviou de cabeça e Douglas Friedrich conseguiu defender com a ponta dos dedos; mas, no rebote, Maidana só teve o trabalho de empurrar a bola com o pé para o fundo das redes: 2x0.

Sem sem incomodado na reta final, o time rubro-negra manteve o placar e saiu de campo vitorioso.
Ficha do jogo

SPORT

Luan Polli; Raul Prata (Ewerthon), Maidana, Adryelson e Júnior Tavares; Marcão (Ronaldo), Betinho (Bruninho) e Thiago Neves (Márcio Araújo); Patric, Marquinhos (Sander) e Dalberto. Técnico: Jair Ventura.

BAHIA

Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Matheus Bahia; Gregore, Ronaldo, Juan Ramírez (Rodriguinho); Rossi (Juninho Capixaba), Thiago Andrade (Fessin) e Gilberto (Gabriel Novaes). Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Árbitro: Raphael Claus (SP).
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP).
Gol: Thiago Neves, aos 27 minutos, e Maidana, aos 40, do 2º tempo.
Cartões amarelos: Marcão, Raul Prata, Maidana (SPO).




Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados