Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

PARAÍBA: Bebê de nove meses é encontrado morto nos braços da mãe em condomínio, em João Pessoa

9.1.21

/ por casinhas agreste

Mãe teria tido 'surto' e amigo da família encontrou bebê morto; Polícia Civil investiga o caso.
 G1 PB

Central de Polícia de João Pessoa — Foto: Polícia Civil da Paraíba/Divulgação
Um bebê de 9 meses foi encontrado morto neste sábado (9), em João Pessoa. De acordo com o delegado Ademir Fernandes, a mãe é suspeita do crime e foi levada para um hospital psiquiátrico.


Segundo informações do delegado, a mulher estava morando no apartamento de um tio junto com uma tia. Esta tia, que ajudava a mulher com a criança, acordou na hora de dar mamadeira para a criança e encontrou a mãe segurando o bebê no quarto. A tia notou que a mulher estava apertando o bebê, e pediu para que a mãe o entregasse.


A mulher não quis entregar e continuou apertando o bebê. A tia gritou por ajuda e um amigo da família, que estava no local no momento, foi até o quarto. O homem conseguiu pegar o bebê, e percebeu que ele já estava morto.


A Polícia Militar foi chamada com a suspeita de que a mãe teria matado o bebê e estava trancada com a criança. A Polícia Civil também foi até o apartamento, localizado em um prédio do Bessa. O delegado Ademir Fernandes ouviu testemunhas e o pai da criança, que informou que a mulher era uma mãe carinhosa e que os dois haviam se separado recentemente.



Ainda de acordo com o delegado, a perícia constatou que a morte da criança foi por volta das 3h. Familiares informaram que a mulher já teria sofrido um surto psicótico e que estava com o comportamento alterado há alguns dias. A polícia encontrou a mulher em estado de choque e a encaminhou para um hospital psiquiátrico.


As testemunhas do caso serão ouvidas novamente pelo delegado e mãe do bebê também prestará depoimento, caso apresente condições para tal, de acordo com a polícia. A Delegacia de Homicídios irá investigar a morte da criança.




Vídeos mais assistidos
( Ocultar )
  1. O surto é com sequência do abandono que o pai da. A mulher fica muito sensível e vulnerável num momento desse. Ainda dependente de terceiros. Ela se sente só com um compromisso. Esses homens canalhas que não dão suporte na hora que a mulher mais precisa. Para surtar, devia está sobre pressão extrema. Coitada. Cometeu um crime, eu sei, mas vamos olhar pelos dois lados. O irresponsável do macho sempre fica fora das acusações. O dedo só é apontado para a mulher.

    ResponderExcluir

Veja também
© Todos os Direitos Reservados