Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Paraíba vai receber do Ministério da saúde mais de 553 mil equipamentos de proteção para combate ao coronavírus

01/04/2020

/ por casinhas agreste
Material enviado pelo Ministério da Saúde vai ser usado por profissionais em hospitais do estado para tratamento de pacientes da Covid-19.
G1 PB
Ministério da Saúde enviará novos equipamentos de proteção para profissionais de saúde na Bahia — Foto: Ministério da Saúde/Divulgação

A Paraíba vai receber do Ministério da Saúde mais de 553 mil equipamento de proteção para profissionais da saúde para o enfrentamento do coronavírus no estado. O material faz parte da cota de 40 milhões de equipamentos que o governo federal está enviando para estados e municípios de todo o país. A previsão é de que esses equipamentos cheguem aos estados do Norte e Nordeste até a quinta-feira (2).

O pacote de equipamentos enviados para a Paraíba é composto por:

3 mil unidades de álcool etílico, sendo 1.272 de 500 ml e 1.728 de 100 ml
1.280 óculos de proteção
274,5 mil luvas de proteção para procedimento não cirúrgico
2,5 mil sapatilhas
252,5 mil máscaras cirúrgicas
14 mil aventais
5,5 mil toucas hospitalares
A distribuição dos itens para os estados do Norte e do Nordeste vai ser feita com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB), com o transporte de 18 toneladas em equipamentos. Os materiais foram adquiridos pelo Ministério da Saúde por meio de cinco editais de compra emergencial publicados entre os meses de fevereiro e março no Diário Oficial da União (DOU).

Curva de contágio do coronavírus na Paraíba: veja evolução de casos suspeitos e confirmados
Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba
Como ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia
Apesar do envio do material para o estado, o Governo da Paraíba recolheu na terça-feira (31), em uma operação da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), equipamentos médicos e hospitalares de cinco fornecedoras em João Pessoa e Campina Grande para evitar um possível desabastecimento de equipamentos durante os atendimentos de pacientes com Covid-19. O recolhimento foi regulamentado por um decreto publicado pelo governador João Azevêdo (Cidadania) na própria terça-feira.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, estão sendo adquiridos ainda 200 milhões de máscaras cirúrgicas, 40 milhões de máscaras N95, 1 milhão de frascos de álcool 500 ml, 1 milhão de frascos de álcool 100 ml, 240 milhões de luvas para procedimentos não cirúrgicos, 40 milhões de aventais, 80 milhões de aventais impermeáveis, 1 milhão de sapatilhas, 1 milhão de óculos de proteção, 120 milhões de toucas, 200 mil unidades de protetores faciais. Esses equipamentos de proteção incluem insumos comprados no exterior e devem chegar ao Brasil em até 30 dias.

“Os equipamentos fazem parte do reforço e organização da assistência hospitalar e ambulatorial do SUS que o Ministério da Saúde vem realizando junto aos estados brasileiros”, disse Roberto Ferreira Dias, diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados