Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Dinheiro arrecadado durante a Festa do Morro da Conceição é roubado nesta segunda-feira

10/12/2019

/ por casinhas agreste
A Festa do Morro aconteceu até esse domingo na Zona Norte do Recife. (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)

Uma quantia arrecadada durante a festa do Morro da Conceição, que terminou nesse domingo (8), foi roubada na tarde desta segunda-feira (9). O roubo teria acontecido depois de um sequestro relâmpago, quando um fráter da paróquia chegava para depositar o dinheiro em uma agência bancária em Casa Amarela, Zona Norte do Recife. A informação foi confirmada pela assessoria do evento religioso. Neste momento, o padre responsável pela paróquia presta depoimento na delegacia.

A assessoria de comunicação do evento informou que um fráter da Congregação do Santíssimo Redentor (C.Ss.R.), que é responsável pela administração do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Conceição, foi vítima de um sequestro relâmpago no estacionamento do Banco Bradesco de Casa Amarela. "Na ocasião, o religioso estava em posse de R$ 45 mil oriundos das doações e ofertas dadas durante a 115ª Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro, e que este valor foi levado por dois bandidos no momento da ação criminosa", informou, em nota. Detalhes do caso serão divulgados em entrevista coletiva concedida pelo padre Luis Rodrigues, pároco do Santuário, às 18h desta segunda-feira, na Igreja do Morro da Conceição.

A delegada Lídia Barc realiza as investigações preliminares do caso. (Foto: Alice de Souza/DP.)
A delegada Lídia Barc realiza as investigações preliminares do caso. (Foto: Alice de Souza/DP.)

A delegada titular de Casa Amarela, Lídia Barci, que realiza as investigações preliminares do caso, disse que, por volta das 11h30 desta segunda, dois homens entraram no estacionamento do banco e abordaram o fráter, que estava no carro da paróquia com o montante arrecadado na Festa do Morro. O religioso foi abordado e, no sequestro relâmpago, foi deixado na BR-232, no bairro do Curado. A vítima foi liberada nas imediações da fábrica da Gerdau com o carro e o celular. "A intenção era roubar o dinheiro da festa, por isso, pensamos que houve uma informação privilegiada de que o dinheiro estava saindo do santuário e seguindo para depósito no Bradesco", afirmou.

O dinheiro estava em uma caixa de papel. O valor arrecadado na festa havia sido dividido em diferentes montantes, e alguns depósitos já haviam sido efetuados anteriormente. "(Os criminosos) estavam armados e em um carro. Eles desceram e já abordaram o carro da paróquia. Entraram no carro da vítima, levando-a", esclareceu a delegada. Imagens de câmeras de segurança da Secretaria de Defesa Social (SDS) instaladas no itinerário - da paróquia ao banco - e do circuito interno da agência serão analisadas. O caso será investigado pelo Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri).

De acordo com o pároco do Morro, Luís Rodrigues, a paróquia teve o cuidado de selecionar pessoas que não eram conhecidas da comunidade par levar o dinheiro. “Pensamos em possíveis situações e levamos pessoas que são nossas, mas não são conhecidas. Esse é um depósito totalmente fora da nossa rotina, não tem nada a ver com o dia a dia”, explicou o pároco. Para ele, entretanto, tudo ainda é especulação. “A festa acontece uma vez por ano, é uma vez por ano que todo mundo acha que levamos dinheiro para o banco. As pessoas sabem que houve uma festa, que tinha muita gente e podem ter ficado observando as atividades administrativas da paróquia”, acrescentou.

Ainda não se sabe em quanto o dinheiro roubado irá lesar as contas da festa, pois o total arrecadado ainda está sendo contado. “O dinheiro é da comunidade, não é da igreja. Nós administramos no sentido de melhorar o espaço celebrativo, de realizar as obras sociais e fica nisso. A arrecadação desse valor veio das coletas realizadas durante a festa. É um fato lamentável depois de uma festa tão bonita, que envolveu tantas pessoas. Dá uma certa frustração”, explicou o pároco. Segundo ele, o seminarista sequestrado não sofreu agressões físicas e passa bem. A paróquia do Morro da Conceição tem 10 funcionários e gasta cerca de R$ 30 mil mensais com as atividades e manutenção, ou seja, o valor roubado pagaria um mês e meio de ações.

Festa do Morro

Cerca de 450 mil pessoas participaram nesse fim de semana da 115ª Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro, das quais cerca de 250 mil saíram em procissão do Bairro do Recife para o santuário. Este ano, o tema da festividade foi "Maria, mãe de um povo ferido". A “Festa do Morro”, como é conhecida popularmente, teve origem a partir da comemoração do cinquentenário do dogma da Imaculada Conceição, instituído pelo Papa Pio IX, em 1854. No dia 8 de dezembro de 1904, foi inaugurado o monumento com a imagem de Nossa Senhora da Conceição, pelo então bispo de Olinda, Dom Luiz Raymundo da Silva Britto. A partir desse dia, o Morro da Boa Vista ou Morro dos Oiteiros passou a ser denominado definitivamente como o Morro da Conceição.

Confira, na íntegra, a nota divulgada pela assessoria da Festa do Morro:

Após 12 dias de festividades com muita fé e louvor em honra a Nossa Senhora da Conceição do Morro divulgamos uma nota triste ocorrida na manhã desta segunda-feira (9). Um seminarista da Congregação do Santíssimo Redentor (C.Ss.R.), que é responsável pela administração do Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Conceição foi vítima de um seqüestro relâmpago no estacionamento do Banco Bradesco, que fica no bairro de Casa Amarela, zona norte do Recife.

Na ocasião, o religioso estava em posse de R$ 45 mil oriundos das doações e ofertas dadas durante a 115ª Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro, e que este valor foi levado por dois bandidos no momento da ação criminosa. Outros detalhes serão divulgados em entrevista coletiva concedida pelo padre Luis Rodrigues, pároco do Santuário, logo mais às 18h, dentro da Igreja do Morro da Conceição.

Redemos graças à Senhora do Morro pela preservação da vida do nosso confrade.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados