Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Dois detentos são mortos no Presídio Barreto Campelo, em Itamaracá, PE

Seres abre sindicância para investigar mortes na Barreto Campelo
Dois detentos foram mortos e um terceiro ficou ferido depois de um tumulto às 18h dessa quarta-feira

Por: Diario de Pernambuco
Foto: Brenda Alcantara/DP

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) determinou abertura de sindicância para investigar a briga ocorrida na noite desta quarta-feira (24) na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, em que resultou na morte de dois detentos mortos e deixou um terceiro ferido. Jaime José Moisinho, 51 anos, morreu a caminho do Hospital de Itapissuma e Leandro de Araújo de Assis, 26 anos, faleceu na unidade prisional. O ferido Evaldo José de Gouveia encontra-se internado no Hospital Miguel Arraes em estado de saúde estável. 

A Seres informou ainda que na noite desta quarta-feira  estiveram na unidade prisional a Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto de Criminalística, Batalhão de Choque e Corpo de Bombeiros para providências cabíveis. A Delegacia de Itamaracá vai apurar as circunstâncias em que ocorreu o fato. De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp), a briga envolveu presos dentro de um pavilhão. 

O secretário de Justiça e Direitos Humanos Pedro Eurico confirmou que houve o uso de armas de fogo. Não se sabe ainda em que circunstâncias a arma entrou na unidade prisional, considerada de segurança máxima, onde há presos sentenciados cumprem pena. A presidente do Serviço Ecumênico de Militância nas Prisões (Sempri), Vilma Melo, comentou que a superlotação no presídio e a facilidade de armas circularem na unidade contribuiram para o cenário de tumulto. Segundo ela, dados repassados pela própria Seres, mostram que em todo estado existem cerca de 32,3 mil presos para 11.812 vagas. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados