Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Ciro promete ações para garantir salários iguais para homens e mulheres com as mesmas funções


Candidato do PDT à Presidência esteve no Recife na tarde deste domingo. Segundo ele, legislação brasileira está submetida à OIT, e prevê equidade salarial de gênero nas empresas.
Por Allan Nascimento, G1 — Recife
 O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, conversou com militantes em visita ao Recife neste domingo (23) — Foto: Allan Nascimento/G1 O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, conversou com militantes em visita ao Recife neste domingo (23) — Foto: Allan Nascimento/G1
O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, conversou com militantes em visita ao Recife neste domingo (23) — Foto: Allan Nascimento/G1

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, afirmou neste domingo (23) que se for eleito atuará para garantir que as empresas privadas paguem salários iguais para homens e mulheres que tenham as mesmas funções e qualificações.

Ciro esteve neste domingo no Recife (PE). Ele conversou com militantes em uma escola no Centro da cidade e, em seguida, visitou o comitê do PDT, no mesmo bairro.

Na agenda, ele prometeu disponibilizar para a população a lista com os salários que as empresas pagam a cada um dos seus funcionários. Segundo o candidato, a medida é uma forma de informar aos brasileiros quem paga salários iguais para homens e mulheres.

“Eu quero fazer a lista dos salários para que a população possa comparar, empresa a empresa, porque a boa fama das empresas depende também da forma com que elas respeitam ou não respeitam os valores centrais de uma sociedade amadurecida. E respeitar as mulheres é o imperativo no país que ainda hoje permite que 60 mil mulheres seja estupradas em um único ano”, disse.

Segundo Ciro, a legislação brasileira se submete à convenção da Organização Internacional do Trabalho (OIT) para promover a equidade de gênero nas empresas.

“O que nós precisamos fazer no Brasil é fazer a lei pegar, é garantir, e isso será feito comigo. Os fiscais do Ministério do Trabalho comigo multarão [as empresas que não seguirem a lei]”, explicou o candidato.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados