Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Operação Nacional da Polícia prende seis em Pernambuco

Uma operação nacional da Polícia Civil foi deflagrada, nesta sexta-feira (24), em 17 estados do Brasil em combate ao feminicídio. Intitulada de Operação Cronos - em alusão à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime -, a ação cumpriu, em Pernambuco, seis mandados de prisão. Quase 5 mil policiais civis em todo o país participaram da ação.

A maioria dos mandados em Pernambuco - quatro - foi cumprida nesta sexta nos municípios do Recife e Goiana, na Região Metropolitana do Recife (RMR); Caruaru, no Agreste; e Afogados da Ingazeira, no Sertão. Outro dois mandados foram cumpridos na última quarta (22) no Cabo de Santo Agostinho, também na RMR.
De acordo com a polícia, os mandados no Cabo precisaram ser antecipados para preservar a vida da vítima. “A Policia Civil de Pernambuco, com este tipo de ação, visa a diminuir a violência contra a mulher”, afirmou a gestora do Departamento de Polícia da Mulher (DPMUL), delegada Julieta Japiassu.

Os dois mandados foram contra Max Muller da Silva, de 29 anos, e Leonardo Manoel da Silva, 35. O primeiro foi preso por ameaçar a ex-companheira, além de ter histórico criminal por homicídio, tráfico e porte de arma de fogo. Já o segundo foi preso por descumprimento de Medida Protetiva.

Os outros presos foram Saulo Nóbrega de Morais, de 37 anos, que agrediu a ex-companheira quando ela pedia ajuda para sair de um bar; Christiano de Oliveira Malaquias da Silva, 29, por estuprar uma menina de 11 anos em 2015; Kleyton José Tavares Bandeira, 23, foi preso pela terceira vez por lesão corporal contra a ex-esposa.

O sexto mandado de prisão foi contra Expedito Luiz de Lima, 37, que, segundo a polícia, possui longo histórico de violência doméstica. Ele Foi preso descumprindo medida protetiva que determinava o afastamento em relação à ex-esposa e também ameaçava a vítima de morte


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados