Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Torcedores do Sport não se conformam com a atuação diante do Central; Náutico empata com o Pesqueira e segura a liderança


Do JC

Embora o técnico Nelsinho Baptista tenha falado em evolução, o termômetro das redes sociais mostra que os torcedores do Sport não gostaram nada do desempenho da equipe no empate com o Central neste sábado (3), por 1×1, em Caruaru. As poucas oportunidades de gol e o volume de jogo superior do rival deixaram muitos rubro-negros temerosos com o futuro e fazendo muitas críticas à diretoria.

“Estou preocupado com o jogo da Copa Brasil contra o timeco do Santos do Amapá quarta feira…o futebol do Sport é vergonhoso”, disse um torcedor na conta oficial do clube no Twitter. “Vergonha. E vai cair na copa do Brasil”, ressaltou outro. “Tem vergonha na cara não?”, reclamou uma torcedora.


Outro enumerou as necessidades que o time precisa para a sequência da temporada. “Futebol medíocre. Mais uma vergonha pra conta dessa diretoria! Precisamos de 2 zagueiros BONS PRA ONTEM, 1 Meia bom é digno de ocupar o lugar de DS, um lateral direito pra ser titular pq Raul Prata é mediano e Felipe Rodrigues fraco, um centroavante bom p reserva e 2 pontas!”, avaliou.

Outro torcedor não acredita muito que a situação vá melhorar. “Com esse “timaço” (principalmente a zaga), nem o Pernambuquinho o Sport vai ganhar…”

Claro que existem alguns menos pessimistas. Sem querer tapar o sol com a peneira, uma torcedora criticou, mas viu uma luz no fim do túnel. “O jogo foi muito ruim, mas gostei da postura da equipe nos minutos finais, espero que a partir de hoje o time jogue coletivamente”. Outra foi na mesma linha de raciocínio. “Futebol muito devagar mas parece que a ficha caiu no final, espero que comecem a agir como equipe a partir de agora.”



Náutico empata com o Pesqueira e segura a liderança do Pernambucano


    
Num jogo duro, com muitas faltas e a transpiração superando a inspiração, o Náutico manteve-se na liderança do Campeonato Pernambucano ao empatar com o Pesqueira por 1×1 no Joaquim de Brito, em Pesqueira, na noite deste sábado (3). Os alvirrubros chegaram aos mesmos oito pontos do Sport, mas levando vantagem nos gols marcados. O Pesqueira mantém o lado oposto da classificação, o último lugar, com apenas dois.

O Náutico até que começou bem a partida, procurando marcar forte e saindo para o jogo com a bola no pé, usando os dois lados do campo. Mas faltava chegar até o fim da jogada. Por isso, o jogo ficou equilibrado, embora a estratégia do Pesqueira tenha sido diferente: usar a ligação direta para evitar o irregular gramado. Nesse duelo de opostos, o time da casa saiu em vantagem.


Depois de tentar o levantamento na área desde o primeiro minuto, o Pesqueira contou com o erro de Camutanga aos 14. Romário recebeu no lado direito e mandou a bola alta, nas imediações da marca do pênalti. Camutanga estava à frente de Daniel Tavares. Subiu mas não alcançou a bola. Ela foi na medida para Daniel cabecear sem chance de defesa para Bruno.

Mesmo atrás, o Náutico manteve seu padrão e foi criando suas chances. Na primeira tentativa esbarrou no posicionamento errado de Daniel Bueno, que chegou a marcar, mas o gol foi anulado por conta do impedimento do camisa 9. A segunda grande chance também ficou nos pés de Daniel. Fabrício tentou afastar no chutão um lançamento de Negretti e chutou apenas o vento. Daniel dominou, avançou e tentou no canto direito. A bola passou raspando a trave.

O Timbu voltou para o segundo tempo com Tharcysio no lugar do apagado William Gaúcho. Mas quem voltou melhor foi o Pesqueira. A Águia tomou conta do meio de campo e teve mais presença ofensiva nos primeiros minutos. Mas justamente nesse momento, o Náutico soube aproveitar um contra-ataque para chegar ao empate aos 15.

Daniel Bueno arrancou pelo meio, com Luiz Henrique à esquerda e Tharcysio à direita. Luiz Henrique recebeu no lado esquerdo da área e cruzou rasteiro. Tharcysio empurrou para o gol, deixando tudo igual.

Após o gol, os alvirrubros conseguiram um encaixe melhor e tomaram o domínio da partida. Ao Pesqueira restava tentar alguma coisa nas bolas paradas. E numa delas, Rogério quase põe o time da casa à frente novamente, aos 19. A bola foi no travessão. O jogo ficou mais preso entre as duas intermediárias, com muitas faltas e os dois times só chegando na área um do outro na base da bola longa.

Ficha do jogo – Pesqueira x Náutico

Pesqueira
Juca; Romário (Válber), Fabrício, Fabinho e Rogério; Dadinha (Leandro Daniel), Jhonata, Grafite e Miller; Daniel Tavares (Guedes) e Fábio Faquinha. Técnico: Lima.

Náutico
Bruno; Thiago Ennes, Camutanga, Breno Calixto e Kevyn (Rafael Ribeiro); Negretti, Willian Gaúcho (Tharcysio) e Felipinho (Luiz Henrique); Clebinho, Daniel Bueno e Robinho. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: estádio Joaquim Brito, em Pesqueira (PE). Árbitro: Diego Fernando Silva de Lima. Assistentes: Bruno César Chaves Vieira e Humberto Martins Dias Silva. Gols: Daniel Tavares, aos 14 do primeiro tempo. Tharcysio, aos 15 do segundo. Cartões amarelos: Grafite, Jhonata e Camutanga.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados