Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Morre juíza atingida por viga após caminhão bater em viaduto


Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, teve fratura no crânio e não resistiu 

Carro em que estava a juíza Adriana: parte de viga de atingiu o veículoFutura Estadão Conteúdo
 A juíza Adriana Nolasco

A juíza Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (20). Ela estava internada desde a noite de domingo (19), quando parte de uma viga de um viaduto ter caído sobre o seu carro na avenida do Estado, região central de São Paulo.

Adriana sofreu uma fratura no crânio, foi levada ao Hospital das Clínicas em estado grave e não resistiu.

De acordo com Corpo de Bombeiros, um caminhão colidiu contra a pilastra do viaduto da CPTM na avenida do Estado, às 23h do domingo.

Com a batida, pedaços de concreto caíram sobre o carro onde estava a magistrada. Ela seguia no banco de passageiro do veículo. O motorista do carro não se feriu.

O veículo e o caminhão pararam a cerca de 150 metros depois. O motorista do carro de Adriana afirmou à polícia que o motorista do caminhão teria tentado fugir.

Perícia
Peritos estiveram no local durante a madrugada e constataram que o baúdo caminhão e 16 centímetros mais alto do que os 4,30 metros informados pela placa que antecede o viaduto.


O tacógrafo mostrou que velocidade que caminhão estava na hora do acidente era de 62 km/h. O permitido na avenida do estado é 50 km/h.

O motorista do caminhão foi ouvido no 8º DP (Brás/Belém) e liberado. O R7 não teve acesso ao depoimento dele, nem localizou advogado do condutor.

Interdição
A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) interditou a avenida do Estado totalmente na pista sentido Santana, na zona Norte. A interdição é próximo à rua Mauá e avenida Mercúrio, na região central da capital.

A CET não tem previsão de quando o trânsito na avenida do Estado será liberado.

A estrutura do viaduto deve passar por perícia.

Segundo a CPTM, a passagem de trem pela linha férrea está liberada.

Do R7

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados