São João de Aroeras dia 23

SURUBIM: Vaquejada é considerada tranqüila, diz polícia; Nova Cabaceira atrai multidão


A Vaquejada de Surubim foi considerada tranqüila, sem o registro de ocorrências policiais graves. Desde a quarta-feira (13) com a realização do Futboi até o final da corrida de gado na segunda-feira (18), a única ocorrência de violência registrada pelas polícias militar e civil foi uma briga entre dois homens na Nova Cabaceira. Ao separar a confusão, a esposa de um dos acusados tentou impedir que o marido fosse detido e agrediu o policiamento. Os três foram levados para a Delegacia de Polícia Civil. Nos shows realizados no Parque J. Galdino, não aconteceram fatos preocupantes, nem mesmo na pista da Vaquejada, onde são comuns acidentes com vaqueiros.

O público que compareceu na sexta (15), às apresentações de Wallas Arrais, Wesley Safadão e Márcia Felipe foi pequeno em relação a anos anteriores, sobretudo levando-se em conta a fama da principal atração da noite (Wesley Safadão), artista de presença constante na mídia nacional. O cantor inclusive está tentando engatar uma carreira no exterior com uma turnê nos Estados Unidos, no final deste mês. No sábado (17), a área de shows lotou nos shows de Aviões, Gabriel Diniz e Jonas Esticado, mas ainda assim com um platéia menor, se comparada a outros anos. Talvez a crise financeira tenha sido um dos fatores que ocasionaram a diminuição do público. “Procuramos trazer as melhores atrações do Brasil para comemorar os 80 anos de Vaquejada”, disse João Galdino Neto, organizador do evento.

No domingo (18), não aconteceram shows no Parque J. Galdino, mas as arquibancadas ficaram repletas de pessoas para assistir a final das sete categorias que disputavam a premiação. Nesta edição, os organizadores da Vaquejada decidiram cobrar ingresso de R$ 10 para que o público pudesse acompanhar a derrubada do boi, no domingo à tarde. A cobrança pegou os freqüentadores do parque de surpresa, já que há vários anos a entrada era gratuita.



Júnior Latércio, representando o CL Rancho/ Haras Fortes, de Juazeiro do Piaui (PI) foi o campeão da categoria Profissional (Foto: Reprodução/ Google Imagens)

Por causa de sucessivas quedas de energia, algumas delas ultrapassando 30 minutos, a definição dos campeões atrasou em mais de cinco horas. Para se ter uma idéia, a disputa da categoria profissional, que se encerrava normalmente no final da noite do domingo, só terminou às 11h da segunda-feira (18), quando a Vaquejada foi oficialmente finalizada. Quem venceu foi a dupla Júnior Latércio e Nego Edson do CL Rancho / Haras Fortes, de Juazeiro do Piaui (PI), arrebatando o premio de R$ 10 mil reservado ao 1.º lugar . Além da profissional, a Vaquejada também contou com as categorias amador, aspirante, derby, feminina, jovem e master, totalizando R$ 135 mil em premiação. Mais de 1000 senhas foram inscritas.

Os vaqueiros da região se destacaram na categoria Amador, com Zé Múcio e Ramon, representando a empresa Nem do Farelo, de Santa Cecília (PB), no 3.º lugar. Na categoria Aspirante, Ricardo Sérgio e Zé Boi, (Parque Maria Dalva/ Santa Maria do Cambucá); Deivison Silva e Fernando Santos (Mandurí Park Show/Frei Miguelinho); Jurubeba e Fernando Santos, (Rancho Porto Feliz/ Frei Miguelinho); Alexandre Cabral e Fernando Santos (Manduri Park Show/ Frei Miguelinho); Wilson e Leco de Braz (Leo Hort e Frut/Surubim) dividiram a 2.ª colocação.

Nova Cabaceira  


Festa voltou com força na Cabaceira reunindo multidão (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Surubim)

Após dois anos sem acontecer, a festa na Cabaceira foi reativada e reuniu uma multidão na tarde do domingo (17). Uma estrutura mais incrementada do que em anos anteriores, com aumento no número de banheiros químicos, seguranças particulares e policiamento, foi montada pela Prefeitura na Avenida Oscar Loureiro. O som permitido era apenas o de dois DJ’s que se revezaram no palco e não mais o de reboques. A festa voltou com força e recuperou o “status” ocupado anteriormente como um dos locais mais movimentados na cidade durante o período de Vaquejada.

Blog Correio do Agreste


Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS