Polícia Militar de Pernambuco pede que tropa só divulgue informações positivas

PMPE divulga documento pedindo que tropa só repasse informações positivas

Corporação afirma que medida é para normatizar e alinhar a divulgação das informações e que rejeita censura


Documento foi divulgado na cidade de Caruaru, Agreste do estado
Guga Matos/JC Imagem
JC Online

A Polícia Militar confirmou nesta terça-feira (11) a veracidade do documento divulgado pelo Coronel José Flávio Morais de Santana, que proíbe a divulgação de informações para a imprensa que não sejam de cunho positivo para a corporação. No ofício, também se proíbe o repasse de dados sobre suspeitos e vítimas, com o intuito de preservar as investigações. Em nota, a PM afirmou que esse documento tem como objetivo normatizar e alinhar a divulgação de notícias e que rejeita qualquer tipo de censura. 
Confira a nota da Polícia Militar:

A Polícia Militar informa que, como qualquer instituição militar, possui normas e regras a serem cumpridas em função de seu bom funcionamento. Esclarece, no entanto, que o documento produzido pela Dinter 1 tem com objetivo normatizar e alinhar a divulgação de notícias, como acontece em todas as instituições públicas e privadas. Nenhuma informação, desde que consolidada e segura, seja negativa ou não, deixará de ser repassada para a imprensa por meio Assessoria de Comunicação e de porta-vozes da PM. Tal cuidado, como explica a própria circular, visa proteger vítimas, acusados e testemunhas, que têm constitucionalmente seus direitos garantidos, além de evitar que as investigações ou prisões sejam prejudicadas. É importante ressaltar que a Polícia Militar rejeita qualquer tipo de censura e relação que não seja de transparência com a imprensa e a sociedade.

Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário