Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Paulo Câmara se reúne com prefeitos para defender o Pacto Pela Vida

Ainda segundo o governador, o programa fez Pernambuco ser o único estado a reduzir por 7 anos o número de homicídios


O governador voltou a afirmar que o PPV se trata de uma
O governador voltou a afirmar que o PPV se trata de uma "política bem concebida"
Foto: Franco Benites/JC
JC Online
Com informações do repórter Franco Benites


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, convocou para a tarde desta segunda-feira (13) uma reunião com os 14 prefeitos da Região Metropolitana do Recife (RMR). O assunto do encontro foi o crescimento dos números da violência no Estado e a adoção de alternativas para garantir a sobrevivência do Pacto Pela Vida (PPV), programa criado em 2007, pelo então governador Eduardo Campos, para reduzir, no período de um ano, a taxa de homicídios em 12%. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), publicados neste JC, somente no último ano, em comparação com 2015, houve um aumento de 15,2% no número de homicídios.


Dos 14 executivos municipais convidados, apenas Anderson Ferreira (PR), prefeito de Jaboatão dos Guararapes, não pôde comparecer e enviou um representante. De portas fechadas à imprensa, Paulo Câmara iniciou a reunião alertando os gestores para componentes externos que, segundo ele, influenciam nos índices da violência no Estado. "Desde de janeiro de 2015, eu analiso de muitas formas diversos diagnósticos em relação à segurança pública (...) é preciso entender que existem componentes nacionais, como o tráfico de drogas, que são componentes fora da nossa governança", enfatizou.

Sobre o Pacto Pela Vida, o governador voltou a afirmar que se trata de uma "política bem concebida", mas admitiu que atualmente o PPV é um programa que precisa de "profundo aperfeiçoamento a cada semana, a cada dia".

Ainda segundo Paulo Câmara, o pacto fez Pernambuco ser o único estado a reduzir por 7 anos o número de homicídios, mas o desemprego e a vulnerabilidade da sociedade podem ser novos fatores que levam ao enfraquecimento dos números positivos do programa.
Reajuste da PM

A reunião acontece no Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, sede do governo estadual. No mesmo dia em que deputados estaduias aprovaram o reajuste salarial concedido aos policiais militares, que estão atuando em 'Operação Padrão'. Após o encontro, espera-se que Câmara anuncie novas medidas para enfrentar as investidas criminosas na RMR.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados