Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Sobe para 16,6 mil número de alunos que terão Enem adiado no estado


Nova lista de locais de prova afetados por ocupações saiu nesta sexta (4).
Esses estudantes só vão poder fazer o exame nos dias 3 e 4 de dezembro.
Thays Estarque
Do G1 PE

 Prédio da UFRPE está ocupado (Foto: Bruno Lafaiete/ TV Globo)
Cegoe da UFRPE é um dos locais ocupados (Foto: Bruno Lafaiete/ TV Globo)
O número de estudantes de Pernambuco que não poderão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no sábado (5) e no domingo (6) subiu para 16.635. De acordo com a nova lista, informada nesta sexta-feira (4) pelo governo federal, são 3.054 pessoas a mais em relação ao último levantamento do Ministério da Educação (MEC), divulgado na terça-feira (1º).
O aumento da quantidade de prejudicados foi provocado por ocupações recentes como a da Escola de Referência em Ensino Médio Conde Pereira Carneiro, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. Os prédios de universidades federais e estaduais e de escolas públicas estão ocupados por causa de protestos contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do teto dos gastos. Ela foi aprovada na Câmara dos Deputados e que segue para o Senado, onde será apreciada e tramitará como PEC 55.
A lista atualizada dos locais de prova afetados pelo adiamento do Enem foi divulgada nesta sexta-feira (4) pelo MEC. No balanço anterior, da terça-feira (1º), a pasta havia calculado que 13.581 pessoas teriam que fazer o teste nos dias 3 e 4 de dezembro. Ao todo, são 240,3 mil concorrentes que tiveram seus exames adiados no Brasil.
No estado, inicialmente, são 21 unidades afetadas. Elas estão localizadas no Recife; em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata Sul; em Garanhuns, Agreste; em Ouricuri, Petrolina; Salgueiro, Sertão, e São Lourenço da Mata. Em Pernambuco, 447.287 mil pessoas estão habilitadas para fazer o Enem.
Entretanto, a lista do MEC não menciona as unidades da Universidade de Pernambuco (UPE) ocupadas no Recife, em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte, e Palmares, na Zona da Mata Sul. O balanço apenas cita o campus da instituição em Garanhuns, no Agreste, e em Petrolina, no Sertão.
As ocupações de todos esses locais foram confirmadas, nesta sexta, pela assessoria de imprensa da UPE. O G1 procurou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para saber os motivos da exclusão dos prédios da UPE, mas ainda não obteve retorno.
O G1 publica, a seguir, a lista dos centros que tiveram o Enem adiado em Pernambuco:
Recife:
UFPE - Centro de Artes e Comunicação (CAC), na Avenida da Arquitetura, s/n, Cidade Universitária
1.200 inscritos
UFPE - Centro de Ciências Biológicas (CCB), na Avenida Professor Moraes Rego, s/n, Cidade Universitária, Recife
840 inscritos
UFPE - Centro de Educação (CE), prédio principal, na Avenida Acadêmico Hélio Ramos, s/n, Cidade Universitária, Recife
1.256 inscritos
UFPE - Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), prédio principal, na Avenida da Arquitetura, s/n, Cidade Universitária
584 inscritos
UFPE - Niate CFCH/CCSA, prédio principal, na Avenida dos Funcionários, s/n, Cidade Universitária
1.198 inscritos
UFRPE - Centro de Ensino de Graduação (Cegoe), na Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos
1.003 inscritos
UFRPE – Ceagre 1 – Prédio Professor Rildo Sartori B. Coelho, na Rua Dom Manuel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos
440 inscritos
UFRPE - Ceagre 2 - Prédio Professor João Vasconcelos, na Rua Dom Manuel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos
1.144 inscritos
São Lourenço da Mata
Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas, na Avenida Dr. Francisco Correia, 643, Centro
376 inscritos
Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas – CODAI – UFRPE, na PE-05, Km25, 4000, Tiuma
624 inscritos
EREM Conde Pereira Carneiro, blocos 1 e 2, na Avenida Oito de Maio, 223, Cha da Tabua 414 inscritos
Vitória de Santo Antão:
UFPE - Centro Acadêmico de Vitória de Santo Antão - Prédios Anexo Lab e Administração, na Rua Alto do Reservatório, s/n, Bela Vista
488 inscritos
Garanhuns:
UPE - Prédios 1 e 2 do campus Garanhuns, na
Rua Capitão Pedro Rodrigues, 105, São José
1.400 inscritos
UFRPE - Prédios 2 e 3 da Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG), na Avenida Bom Pastor, s/n, Boa Vista
920 inscritos
Ouricuri:
IF Sertão Pernambucano - Campus Ouricuri, na Estrada do Tamboril, s/n, Renascença
360 inscritos
Petrolina:
IF Sertão Pernambucano - Prédios: Principal e Anexo, na Rodovia BR-407, 120, Km 8, Jardim São Paulo
1.268 inscritos
UPE - Campus Petrolina, Bloco 1 de Educação, Rodovia BR, Km 2, Campus Universitário, s/n, Vila Eduardo
760 inscritos
UPE - Campus Petrolina, Bloco 2 de Educação, Rodovia BR, Km 2, Campus Universitário, s/n, Vila Eduardo
1.120 inscritos
UPE - Campus Petrolina, Bloco 3 de Educação, Rodovia BR, Km 2, Campus Universitário, s/n, Vila Eduardo
440 inscritos
Escola Estadual Antonio Padilha, na Avenida Francisco Coelho de Amorim, s/c, João e Maria
440 inscritos
Salgueiro:
IF Campus Salgueiro - Prédio principal, na Rodovia BR-232, Km 508, Zona Rural, s/n, Planalto
360 inscritos
Prédio Professor Tarcísio Eurico Travassos, onde funciona o curso de biologia, é uma das três unidades da UFRPE ocupadas pelos estudantes (Foto: Fernando Azevedo/Ascom UFRPE)
Prédio Professor Tarcísio Eurico Travassos, onde funciona o curso de biologia, é uma das unidades da UFRPE ocupadas pelos estudantes (Foto: Fernando Azevedo/Ascom UFRPE)
UFRPE
A ocupação na UFRPE do campus localizado no bairro de Dos Irmãos, na Zona Norte do Recife, teve início na noite da segunda-feira (24). O movimento vem ocorrendo nos prédios Professor Tarcísio Eurico Travassos, Professor Manoel Amaro, Centro de Ensino de Graduação Obra-Escola (Cegoe) e na Unidade Acadêmica de Serra Talhada.
Nesta quinta-feira (3), a universidade informou que também foram ocupados também o prédio ProfessorJoão Vasconcelos Sobrinho (Ceagri ll), o Departamento de Química, o Departamento de Matemática e o Departamento de Educação, além do Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas (Codai), que é a escola de ensino médio da UFRPE.
Os alunos chegaram ainda a colocar correntes e cadeados na unidade Professor Rildo Sartori (Ceagri l), que segue fechada, mas não está coupada. Desde o início, a instituição tenta realocar as aulas, deslocando as turmas para outros prédios. A orientação é que os alunos procurem a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação para descobrir onde ocorrerão as aulas.
Centro de Educação da UFPE segue ocupado por estudantes contra a PEC do teto de gastos da União (Foto: Cláudia Ferreira/ G1)
Centro de Educação da UFPE segue ocupado por estudantes contra a PEC do teto de gastos da União (Foto: Cláudia Ferreira/ G1)
UFPE
A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) apresenta sete prédios ocupados. No campus localizado na Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife, estão ocupados pelos estudantes: o Centro de Educação (CE), o Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH), Centro de Artes e Comunicação (CAC), o Centro de Biociência (CB) e o Núcleo Integrado de Atividades de Ensino (NIATE), que atende o (CFCH) e o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCAS), além do campus de Vitória de Santo Antão.
Alunos estão acampando no prédio da UPE, no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Alunos estão acampando no prédio da UPE, no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
UPE
Também contrários à PEC, alunos da Universidade de Pernambuco (UPE) montaram acampamento no campus de Santo Amaro, na área central da capital, que sedia a Faculdade de Ciências Médicas (FCM), a Escola Superior de Educação Física (Esef), o Instituto de Ciências Biológicas (ICB) e a Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (Fensg).

Das quatro unidades de ensino, os estudantes apenas não ocupam a FCM. O protesto ocorre desde a quinta-feira (20), quando cerca de 60 estudantes iniciaram um acampamento no prédio da Reitoria da instituição estadual, que foi desocupado na quinta-feira (27).
Ainda há registro de ocupações em outros campus da universidade como em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte, Palmares, na Zona da Mata Sul, Garanhuns, no Agreste, e Petrolina, no Sertão.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados