São João de Aroeras dia 23

CAMPEÃO: Palmeiras vence, encerra jejum e é campeão brasileiro após 22 anos



 A espera de 22 anos acabou!

O Palmeiras, diante de seu torcedor que lotou o Allianz Parque, voltou a ser campeão brasileiro neste domingo com a vitória sobre a Chapecoense na 37ª e penúltima rodada.

Uma campanha impecável do time comandado por Cuca, que conquistou pela primeira vez em sua carreira o principal torneio nacional: 23 vitórias, oito empates e seis derrotas, 77 pontos até agora, ainda com um jogo por fazer.

O lateral direito Fabiano, ex-Chapecoense (quem diria!), anotou aos 25 minutos do primeiro tempo em jogada ensaiada de cobrança de falta.

Um herói improvável para os 40.986 torcedores presentes, o maior público da história do estádio, seja ele Allianz Parque ou Palestra Itália!

A renda também foi poupuda, R$ 4.171.317,26.


De 1994 para cá, o time alviverde viveu grandes glórias - Libertadores, Copa do Brasil, Paulistão -, mas também sofreu com duas quedas à Série B do Brasileiro e um título nacional perdido há sete anos que ainda deixava um gosto amargo no paladar palestrino.

A eliminação na Libertadores deste ano ainda na fase de grupos, porém, ajudou o Palmeiras a arrancar para o título. Acabou o primeiro turno na liderança, e nas últimas 19 partidas a conquista nunca pareceu estar distante dos alviverdes.

Com Dudu genial, Moisés e Tchê Tchê na ignição, Jailson intransponível e invicto, Zé Roberto incansável, Gabriel Jesus iluminado (e que infelizmente disse adeus aos torcedores a caminho do Manchester City) e uma nação no apoio, o Palmeiras solta o grito de campeão brasileiro pela nona vez na sua história.

E ainda teve espaço para Fernando Prass, o capitão e ídolo, entrar nos minutos finais para receber a saudação da torcida.

Agora, são duas Taças Brasil, dois Roberto Gomes Pedrosa e cinco Brasileirões além de três Copas do Brasil.

O país é seu, Palmeiras!

Fenômeno, o garoto de apenas 19 anos liderou a lista de artilheiros por um bom período, decidiu jogos e virou o 9 da seleção. Tá bom ou quer mais?

A revelação do Brasileiro. Substituiu o ídolo Prass à altura, teve atuações espetaculares e não perdeu nenhuma partida. Virou xodó da torcida

Um monstro na defesa. Só ficou fora de 2 partidas em todo o Brasileirão, graças às suas atuações seguras e desarmes sempre na bola. Ainda fez 4 gols

O motor do meio-campo palmeirense, só ficou fora de um jogo na competição. Um dos favoritos de Cuca, destacou-se pela polivalência e obediência tática

 Uma das decepções do elenco, jamais lembrou o arqueiro seguro dos tempos de Ituano. Falhou tanto que acabou substituído por Jaílson, que viraria herói

VEJA A AVALIAÇÃO DE CADA JOGADOR NA CAMPANHA DO TÍTULO DO PALMEIRAS
Fenômeno, o garoto de apenas 19 anos liderou a lista de artilheiros por um bom período, decidiu jogos e virou o 9 da seleção. Tá bom ou quer mais?

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1X0 CHAPECOENSE

Data: 27 de novembro de 2016
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Público: 40.986 pagantes
Renda: R$ 4.171.317,26
Árbitro: Anderson Daronco (SC)
Gol: Palmeiras - Fabiano, aos 25 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Palmeiras - Fabiano; Chapecoense - Marcelo, Bruno Rangel

PALMEIRAS: Jailson (Fernando Prass); Fabiano (Gabriel), Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Jean, Tche Tche (Thiago Santos), Moisés, Dudu e Roger Guedes; Gabriel Jesus. Técnico: Cuca

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Filipe Machado, Marcelo e Alan Ruschel; Sérgio Manoel, Matheus Biteco, Cléber Santana (Gil); Bruno Rangel (Kempes), Lucas Gomes e Tiaguinho (Canela). Técnico: Caio Junior
Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS