Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Sport faz jogo seguro e carimba a faixa do Corinthians

30/11/2015

/ por casinhas agreste

O Sport fez um jogo seguro e eficiente para vencer o Corinthians por 2×0 na tarde deste domingo (29), na Arena Pernambuco. O resultado fez o Leão chegar aos 56 pontos e manter-se entre os sete melhores times da competição. Na próxima rodada, os rubro-negros se despedem da temporada enfrentando a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

Apesar de entrar em campo já com a expectativa de Libertadores frustrada, os jogadores do Sport encararam a partida como se ainda ambicionassem o G4. O time entrou marcando os campeões brasileiros no campo de ataque e tentando forçar as tabelas pelo corredor central. O time paulista, de seu lado, também não ficou atrás. Sempre que podia, dava velocidade ao contra-ataque.

O fundamento que faltou para deixar o jogo mais agitado foi finalização. Os dois times disputaram a bola, algumas vezes até de forma mais ríspida, buscavam o ataque mas não conseguiam deixar seus atacantes em condição de finalizar. Com o passar do tempo o Sport recuou um pouco a marcação mas manteve o meio de campo sob controle, principalmente sem deixar a bola chegar limpa para Jadson.

O gol saiu aos 23 minutos num cruzamento de Renê em que toda defesa corintiana ficou parada. Avançaram Durval, André e Matheus Ferraz e coube ao zagueiro cabecear frente a frente com Walter para fazer 1×0. Com o placar a favor foi o Sport a equipe a se armar para o contra-ataque. E as oportunidades vieram mas esbarraram na falta de mobilidade do setor ofensivo leonino.

Na volta para o segundo tempo tanto Sport quanto Corinthians tiraram o pé do acelerador. A bola ficou mais tempo entre as duas intermediárias com os dois times trocando mais passes. Para ir ao ataque, o Sport optou pelo estilo que o técnico Falcão não gosta: a bola longa. E como o time não tem essa característica, não funcionou.

Quando tentou tocar a bola criou as melhores oportunidades, ambas com Élber. Aos 11 ele cruzou rasteiro e Walter tocou de ponta de dedo, o suficiente para tirar a bola do alcance de André. Aos 22, ele cruzou novamente para André, que ajeitou de cabeça para Marlone mandar uma bomba na trave esquerda de Walter.

Lento e sem jogada pelos lados, Tite tentou mudar a característica do sistema ofensivo. Danilo entrou no lugar de Vagner Love para deixar a bola mais tempo lá na frente e Malcom foi para o lugar de Rodriguinho, deslocando Romero para a direita. O Sport deixou os dois laterais mais presos para evitar a pressão corintiana. Porém, perdeu em volume quando saía para o ataque.

Quando tudo caminhava para o 1×0, Renê fez um grande lançamento para Marlone que, impedido, cruzou rasteiro para André empurrar para as redes.

Ficha do jogo:

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely (Ronaldo), Wendel (Neto Moura) e Diego Souza; Élber (Maikon Leite), André e Marlone. Técnico: Falcão.

Corinthians: Walter; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel; Cristian, Bruno Henrique, Rodriguinho (Malcom) e Jadson; Romero e Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.

Local: Arena Pernambuco. Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Bruno Boschilla (PR). Gols: Matheus Ferraz, aos 23 do primeiro, André, aos 45 do segundo. Cartões amarelos: André, Diego Souza, Marlone, Wendel, Rithely, Ronaldo, Rodriguinho e Jadson. Público: 19.048.

Do Jornal do Comércio

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados